sexta-feira, 3 de setembro de 2010

ESTATISTICA

Um dos primeiros posts que escrevi no Cabra de Serviço chamava-se Casablanca. Falava daquilo que vulgarmente denominamos como coincidências e terminava assim:

“Eu que tanto quero acreditar em coincidências, acasos e sorte, sinto-me incapaz de fazê-lo. E penso sempre que o destino deve ser um belo de um sacana que nos atira esses momentos para nos manter o vicio, a vontade, os instintos alerta. E quando cruzo aquela esquina e o destino está lá de perninha estendida, prontinho para mais uma rasteira, penso sempre que esses momentos não se chamam coincidências, acasos, sorte ou destino. Chamam-se Casablanca e esboço sempre um sorriso enquanto a voz do Rick me passa pela cabeça, repetindo incessantemente a mesma frase:

‘Of all the gin joints, in all the towns, in all the world, she walks into mine.’"

E esta é, basicamente, a história da minha vida. Uma confluência de probabilidades impossíveis tornadas realidade. Estatisticamente, eu não deveria estar viva desde 1998. Estatisticamente, eu não poderia ter sido mãe em 2005. Estatisticamente, eu não deveria ser uma pessoa bem sucedida. Estatisticamente, eu deveria ser uma mulher com tendências maníaco-depressivas. Estatisticamente, as pessoas não se encontram múltiplas vezes, casualmente, nas praias algarvias, em Agosto, sem marcação prévia. Mas lá está… “of all the towns, in all the world…” só quem eu gostava mesmo (naquela de ver o circo a pegar fogo) é que não “…walk into mine”!

4 comentários:

Fusão do Atomo disse...

Olá, minha Cara Mente, bem vinda (regressada de férias)

Estou o mais possivel em desacordo contigo.

Em Agosto no Algarve, é o tempo e o sitio para se encontrar toda a gente e mais uns quantos, por isso e como não gosto de ser encontrado, vou de férias.........xau. Fica bem.

Hannah Chá disse...

Nada acontece por acaso, ou seja, acredito que criamos a nossa própria realidade. A tua é prova que tens uma mente muito forte porque soubeste superar os desafios todos...

Mente Quase Perigosa disse...

Fusão, será?

Olha que eu estou de férias o ano todo!!!!

Mente Quase Perigosa disse...

Apre, Hannah! Se isto é o que eu faço para minha realidade, não sou nada minh amiga! Mas sou uma brincalhonha do caraças!

;)