terça-feira, 12 de outubro de 2010

COMEÇO A VER GRANDES VANTAGENS NESTA GRIPE...

Na minha primeira viagem pelo mundo universitário, houve um ano, que uma mente iluminada de lembrou que bom mesmo era pôr aulas aos sábados à 8 da manhã. Acho que se contam pelos dedos as vezes que lá pus os pés. Mas o dedo maior foi mesmo um sábado em que eu, mais morta que viva, decidi que era mesmo o dia ideal para lá ir. Não me recordo de nada do que se passou, nessa manhã, naquele estabelecimento de ensino a não ser um colega (não, não vale a pena perguntarem quem, que eu não me lembro) dizer que nunca me tinha visto tão bonita como naquele dia. Que estava com um olhar brilhante, faces coradas, um ar misterioso. Pois, febre acima dos 40º normalmente dá-nos assim um ar diferente, não lhe chamaria misterioso, mas quem sou eu para contrariar rapazinhos com hormonas aos saltos.

Hoje em dia, sempre que estou assim toda entupida e com febre, lembro-me desse dia. De como não me recordo de nada que tivesse feito e de como me disseram que nunca estivera mais bonita. Penso sempre que é uma boa altura para cometer imprudências (que bonito eufemismo). Primeiro porque estou mais bonita do que o normal. Segundo porque posso sempre alegar que não me recordo.

Disclaimer: Logo, qualquer coisa, que alegadamente, tenha feito desde sexta-feira até ao momento será submetida ao rigoroso escrutínio da memória selectiva.

 

7 comentários:

tereza disse...

E a sorte que tens de me ter ao lado, cheiinha de memória e sem gripe, para te recordar tudo, tudinho, o que fizeste?

ritmargaride disse...

que sorte hum, quem tem uma amiga tem tudo;)

(os meus filhos tb sofrem de memória selectiva. tereza se quiser alguma dica, diz que a prática faz a perfeição, e eu já estou pro em auxiliar de memória)

Sérgio disse...

Será que essa(s) coisa(s) te dará inspiração para que os próximos episódios sejam mais interessantes?!

Fusão do Atomo disse...

Mente, também eu estou com uma gripe de morrer aos saltos! As melhoras.

Mente Quase Perigosa disse...

Rit, tu não encorajes os malucos, se faz favor!

Mente Quase Perigosa disse...

Sérgio, eu neste momento estou mais inspirada para escrever o crime e castigo. Não sei se estás interessado?

:p

Mente Quase Perigosa disse...

Fusão, tu segue os conselhos que a Ritmargaride deixou no post ali abaixo.

E as melhoras.