terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

HUMILHAÇÃO


Haverá coisa mais 'fecundada' do que uma mãe a ralhar com o filho porque ele não para de abrir a portinhola dos cd's do portátil e, para fazer valer a sua posição, fechar a dita cuja com firmeza acompanhada de um "se voltas a mexer aqui, pego em todos os teus dvd's e dou-os ao cão" e nesse processo pedagógico entalar um bocadinho - mas só mesmo um bocadinho - do dedo mindinho na filha-de-uma-grandessissima-senhora-cuja-profissão-incluiu-uma-cama-incerta da portinhola!

E mãe que é mãe não desmancha! Mantem o seu ar firme e intimidador de educadora mas por dentro... Por dentro voltamos a ter 2 anos, choramos copiosamente, gritamos que temos dói-dói e juntamos é um pikeno detalhe que aos 2 anos desconhecemos: o top 20 do vernáculo português!!!!!

P.S.: Eu tenho cá para mim que o pulhazinho se apercebeu... Vi-lhe no sorrisinho e quase que posso jurar que por breves segundos lhe vi escrito no olho direito "BEM" e no esquerdo "FEITA"! Pode ter sido impressão... Mas estava capaz de jurar...

2 comentários:

Ana Sousa disse...

A quem sairá o gajito?

:p

Mente Quase Perigosa disse...

Ao pai... Só pode ser ao pai!!!